Ultimi post
Powered by Blogger.

Flor da Mocidade - Machado de Assis



Fiore della Giovinezza

Io conosco il più bel fiore;
Sei tu, rosa della giovinezza,
Nata aperta per l'amore.
Hai del cielo il color sereno,
Ed il profumo della verginità.
Io conosco il più bel fiore,
Sei tu, rosa della giovinezza

Vivi a volte in solitudine,
Come figlia della brezza agreste.
Temi per caso l'indiscreta mano;
Vivi a volte in solitudine.
Eviti la rabbia di un tornado
Le sue foglie celesti azzurre.
Vivi a volte in solitudine,
Come la figlia della brezza agreste.


Si coglie prima che venga il male,
Si coglie prima che arrivi l'inverno;
Che il fiore morto non vale più nulla.
Si coglie prima che vanga il male.
Quando la terra è più gioviale
Tutto il bene ci sembra eterno.
Si raccoglie prima che vanga il male
Si raccoglie prima che venga l'inverno.


Machado de Assis



Flor da mocidade




Eu conheço a mais bela flor;
És tu, rosa da mocidade,
Nascida aberta para o amor.
Eu conheço a mais bela flor.
Tem do céu a serena cor,
E o perfume da virgindade.
Eu conheço a mais bela flor,
És tu, rosa da mocidade.




Vive às vezes na solidão,
Como filha da brisa agreste.
Teme acaso indiscreta mão;
Vive às vezes na solidão.
Poupa a raiva do furacão
Suas folhas de azul celeste.
Vive às vezes na solidão,
Como filha da brisa agreste.




Colhe-se antes que venha o mal,
Colhe-se antes que chegue o inverno;
Que a flor morta já nada val.
Colhe-se antes que venha o mal.
Quando a terra é mais jovial
Todo o bem nos parece eterno.
Colhe-se antes que venha o mal,
Colhe-se antes que chegue o inverno.

Item Reviewed: Flor da Mocidade - Machado de Assis Rating: 5 Reviewed By: Gianluigi D'Agostino