Ultimi post
Powered by Blogger.

Cinema - Guilherme de Almeida

    

Guilherme de Almeida

24 de julho de 1890, Campinas, São Paulo
11 de julho de 1969, São Paulo

I libri di Guilherme de Almeida sono acquistabili su: Abebooks.it

 

Cinema 

Na grande sala escura, 
só teus olhos existem para os meus: 
olhos cor de romance e de aventura, 
longos como um adeus. 

Só teus olhos: nenhuma 
atitude, nenhum traço, nenhum 
gesto persiste sob o vácuo de uma 
grande sombra comum. 

E os teus olhos de opala, 
exagerados na penumbra, são 
para os meus olhos soltos pela sala, 
uma dupla obsessão. 

Um cordão de silhuetas 
escapa desses olhos que, afinal, 
são dois carvões pondo figuras pretas 
sobre um muro de cal. 

E uma gente esquisita, 
em torno deles, como de dois sóis, 
é um sistema de estrelas que gravita: 
— são bandidos e heróis; 
são lágrimas e risos; 
são mulheres, com lábios de bombons; 
bobos gordos, alegres como guizos; 
homens maus e homens bons... 

É a vida, a grande vida 
que um deus artificial gera e conduz 
num mundo branco e preto, e que trepida 
nos seus dedos de luz...


Cinema

Nella grande sala buia,
per i miei occhi esistono solo i
tuoi occhi:

occhi color romanzo e avventura,
lunghi come un addio.

Solo i tuoi occhi: nessuna
azione, nessun tratto, nessun
gesto persiste sotto il vuoto di una
grande ombra comune.

E i tuoi occhi di opale,
esagerati nella penombra, sono
per i miei occhi liberi nella sala,
una doppia ossessione.

Un cordone di silhouette
scappa da questi occhi che, infine,
sono due carboni che disegnano
figure scure

su un muro di calce. 

E alcune persone stravaganti,
intorno a loro, come intorno a due
soli,

è un sistema di stelle che gravita:
- sono banditi ed eroi; 
sono lacrime e sorrisi;
sono donne, con labbra di bonbon;
grassi simpatici, allegri come
campanelle;

Uomini cattivi e uomini buoni...

E' la vita, la grande vita
che un dio artificiale genera e
conduce

in un mondo bianco e nero e che
trepida

tra le tue dita di luce...

 Torna alla scheda dell’autore

 GUILHERME DE ALMEIDA

*traduzione non ufficiale

Item Reviewed: Cinema - Guilherme de Almeida Rating: 5 Reviewed By: Gianluigi D'Agostino