Ultimi post
Powered by Blogger.

Terceiro Amor - Cacaso


Il Terzo Amore

Il primo amore è già passato
il secondo amore è già passato
come passano gli affluenti
come passano le correnti
che si dividono nel mare
Come qualunque scelta
passa anche la gioventù
la quale nemmeno è arrivata

Il primo amore è già passato
il secondo è già passato
come passano gli specchi
come passano i consigli
illusioni di pietra e calce
Come passano i pericoli
e tanti, molti amici
senza lasciare nessun segno

Il primo amore è già passato
il secondo amore è già passato
come passano i gabbiani
le vittorie e le sconfitte
le fantasie carnevalesche
le innocenze perdute
come passano i viali
corridoi temporali
La corrente dei fiumi
come passano le navi
alle quali la gente fa cenno dai moli.

Cacaso

Il testo musicato da Francis Hime:



Terceiro Amor

O primeiro amor já passou 
o segundo amor já passou 
como passam os afluentes 
como passam as correntes 
que desencontram do mar 
Como qualquer atitude 
também passa a juventude 
que nem findou de chegar 

O primeiro amor já passou 
o segundo amor já passou 
como passam os espelhos 
como passam os conselhos 
ilusões de pedra e cal 
Como passam os perigos 
e tantos muitos amigos 
sem deixar nenhum sinal 

O primeiro amor já passou 
o segundo amor já passou 
como passam as gaivotas 
as vitórias as derrotas 
fantasias carnavais 
as inocências perdidas 
como passam avenidas 
corredores temporais 
A correnteza dos rios 
como passam os navios 
que a gente acena do cais 

Cacaso, in “Mar de mineiro: poemas e canções”

Item Reviewed: Terceiro Amor - Cacaso Rating: 5 Reviewed By: Gianluigi D'Agostino