Ultimi post
Powered by Blogger.

Torre Azul – Mario Quintana

          

Mario Quintana  

30 luglio 1906, Alegrete, Rio Grande do Sul  
5 maggio 1994, Porto Alegre, Rio Grande do Sul  

I testi di Mario Quintana possono essere acquistati su:Amazon, LaFeltrinelli.it e IBS

  

Torre Azul

É preciso construir uma torre 
- uma torre azul para os suicidas. 
Têm qualquer coisa de anjo esses
suicidas voadores, 
qualquer coisa de anjo
que perdeu as asas. 
É preciso construir-lhes um túnel 
- um túnel sem fim e sem saída 
e onde um trem viajasse
eternamente 
como uma nave em alto-mar
perdida.

É preciso construir uma torre… 
É preciso construir um túnel… 
É preciso morrer de puro, 
puro amor!…

Torre Azzurra

 

E’ necessario costruire una torre

- una torre azzurra per i suicidi.

Hanno un qualcosa di angelo questi
suicidi

volanti,

qualcosa di angelo che ha perso le ali.

E’ necessario costruirgli un tunnel

- un tunnel senza fine e senza uscita

e dove un treno viaggiasse eternamente

come una nave perduta in alto mare.

 

E’ necessario costruire una torre…

E’ necessario costruire un tunnel

E’ necessario morire di puro,

puro amore!…

 Torna alla scheda dell’autore

 MARIO QUINTANA

*traduzione non ufficiale

Item Reviewed: Torre Azul – Mario Quintana Rating: 5 Reviewed By: Gianluigi D'Agostino