Ultimi post
Powered by Blogger.

Saudade – Joao Guimaraes Rosa

kovadloff-guimaraes20rosa204

   

Joao Guimaraes Rosa  

27 de junho de 1908, Cordisburgo, Minas Gerais  
19 de novembro de 1967, Rio de Janeiro  

Il libri possono essere acquistati su 
Amazon, LaFeltrinelli.it eIBS 
 

 

Saudade
  
Saudade de tudo!...
Saudade, essencial e orgânica,
de horas passadas,
que eu podia viver e não vivi!...
Saudade de gente que não conheço,
de amigos nascidos noutras terras,
de almas órfãs e irmãs,
de minha gente dispersa,
que talvez até hoje ainda espere por mim..
  
Saudade triste do passado,
saudade gloriosa do futuro,
saudade de todos os presentes
vividos fora de mim!…
   
Pressa!...
Ânsia voraz de me fazer em muitos,
fome angustiosa da fusão de tudo
sede da volta final
da grande experiência:
uma só alma em um só corpo,
uma só alma-corpo,
um só,
um!...
Como quem fecha numa gota
o Oceano
afogado no fundo de si mesmo...

Saudade

 

Saudade di tutto!…

Saudade, essenziale ed organica,

di momenti passati,

che avrei potuto vivere e non li ho vissuti!…

Saudade delle persone che non conosco,

di amici nati in altre terre,

di anime orfane e sorelle,

della mia gente dispersa,

che forse ancora oggi mi aspetta…

  

Saudade triste del passato,

saudade gloriosa del futuro,

saudade di tutti i regali

vissuti fuori di me!…

  

Fretta!…

Ansia vorace di scompormi in molti,

fame angustiosa della fusione di tutto

sete del ritorno finale

della grande esperienza:

una sola anima in un sol corpo,

uno solo,

uno!…

Come chi chiude in una goccia

l’Oceano

affogato in fondo a se stesso…  

 Torna alla scheda dell’autore

 JOAO GUIMARAES ROSA

*traduzione non ufficiale

- João Guimarães Rosa, em 'Magma'.

Item Reviewed: Saudade – Joao Guimaraes Rosa Rating: 5 Reviewed By: Gianluigi D'Agostino