Ultimi post
Powered by Blogger.

Mae - Cora Coralina

Madre

Rinnovatrice e rivelatrice del mondo
L'umanità si rinnova nel tuo ventre.
Cresci i tuoi figli,
non consegnarli all'asilo.
L'asilo è freddo, impersonale.
Non sarà mai una famiglia
per tuo figlio.
Lui, piccolino, ha bisogno di te.
Non staccarlo dalla tua forza materna.
Cosa pretendi, donna?
Indipendenza, uguaglianza di condizioni...
Lavoro fuori casa?
Sei superiore a tutto ciò
che cerchi di imitare.
Tieni il dono divino
di essere madre
dentro te è presente l'umanità.
Donna, non lasciarti castrare.
Sarai solo un animale da piacere
e a volte nemmeno questo.
Frigida, bloccata, il tuo orgoglio ti fa star zitta.
Tumultuosa, fingendo di essere ciò che non sei.
Rosicchiando il tuo osso nero di tristezza.



Mãe 


Renovadora e reveladora do mundo 

A humanidade se renova no teu ventre. 
Cria teus filhos, 
não os entregues à creche. 
Creche é fria, impessoal. 
Nunca será um lar 
para teu filho. 
Ele, pequenino, precisa de ti. 
Não o desligues da tua força maternal.


Que pretendes, mulher? 

Independência, igualdade de condições... 
Empregos fora do lar? 
És superior àqueles 
que procuras imitar. 
Tens o dom divino 
de ser mãe 
Em ti está presente a humanidade.


Mulher, não te deixes castrar. 

Serás um animal somente de prazer 
e às vezes nem mais isso. 
Frígida, bloqueada, teu orgulho te faz calar. 
Tumultuada, fingindo ser o que não és. 
Roendo o teu osso negro da amargura.

Item Reviewed: Mae - Cora Coralina Rating: 5 Reviewed By: Gianluigi D'Agostino