Ultimi post
Powered by Blogger.

Nos IV - Guilherme de Almeida

    

Guilherme de Almeida

24 de julho de 1890, Campinas, São Paulo
11 de julho de 1969, São Paulo

I libri di Guilherme de Almeida sono acquistabili su: Abebooks.it

 

Nós
  
Quando as folhas caírem nos caminhos,
ao sentimentalismo do sol poente,
nós dois iremos vagarosamente,
de braços dados, como dois velhinhos,
   
e que dirá de nós toda essa gente,
quando passarmos mudos e juntinhos?
- "Como se amaram esses coitadinhos!
como ela vai, como ele vai contente!"
   
E por onde eu passar e tu passares,
hão de seguir-nos todos os olhares
e debruçar-se as flores nos barrancos...
    
E por nós, na tristeza do sol posto,
hão de falar as rugas do meu rosto
hão de falar os teus cabelos brancos


Noi IV 
     
Quando le foglie cadranno sui
cammini 

durante il sentimentalismo del
tramonto 

noi due andremo con calma, 
abbracciati, come due vecchietti 
   
e cosa dirà di noi tutta questa gente, 
quando passeremo muti e insieme? 
- "Come si ameranno questi
poveretti! 

come lei va, come lui va contento" 
   
E dove passerò e tu passerai, 
ci seguiranno tutti gli sguardi 
e si affacceranno i fiori dalle
scarpate... 

   
E per noi, nella tristezza del
tramonto, 

parleranno le rughe del mio volto 
parleranno i tuoi capelli bianchi

 Torna alla scheda dell’autore

 GUILHERME DE ALMEIDA

*traduzione non ufficiale

Item Reviewed: Nos IV - Guilherme de Almeida Rating: 5 Reviewed By: Gianluigi D'Agostino