Ultimi post
Powered by Blogger.

Cor-respondência – Elisa Lucinda

     

Elisa Lucinda 

2 febbraio 1958, Cariacica 



I libri di Elisa Lucinda sono disponibili su 
Abebooks.it

  

Cor-respondência 
                    
Remeta-me os dedos 
em vez de cartas de amor 
que nunca escreves 
que nunca recebo. 
Passeiam em mim estas tardes 
que parecem repetir 
o amor bem feito 
que voce tinha mania de fazer comigo. 
Não sei amigo 
se era o seu jeito 
ou de propósito 
mas era bom, sempre bom 
e assanhava as tardes. 
Refaça o verso 
que mantinha sempre tesa 
a minha rima 
firme 
confirme 
o ardor dessas jorradas 
de versos que nos bolinaram os dois 
a dois. 
Pense em mim 
e me visite no correio 
de pombos onde a gente se confunde 
Repito: 
Se meta na minha vida 
outra vez meta 
Remeta.

Corrispondenza 
    
Rimettimi le dita 
invece di lettere d’amore 
che non scrivi mai 
che mai ricevo. 
Passeggiano dentro me questi
pomeriggi 

che sembrano ripetere 
l’amore fatto bene 
che avevi la mania di fare con me. 
Non so amico 
se era il tuo modo di farlo 
o lo facevi apposta 
ma era bello, sempre bello 
e infiammava i pomeriggi. 
Rifai il verso 
che manteneva sempre tesa 
la mia rima 
ferma 
conferma 
l’ardore di questi forti getti 
di versi che ci hanno toccati i due 
a due. 
Pensami 
e visitami dal corriere 
di colombe dove ci confondiamo 
Ripeto: 
Mettiti nella mia vita 
di nuovo metti 
Rimetti

 Torna alla scheda dell’autore

 ELISA LUCINDA

*traduzione non ufficiale

Item Reviewed: Cor-respondência – Elisa Lucinda Rating: 5 Reviewed By: Gianluigi D'Agostino